Homepage
Historial Novas Produções Espectáculos em Repertório Escola da Máscara Festival de Máscaras e Comediantes
· "A História do Tigre"
· "Os Monstros Sagrados"
· "Portugal Naif"
· "Monstros em Cuecas"
· "As Aventuras de João Padão à Descoberta da América"
· "Surtida de Caretos"
· "A Construção"
· "Monstros III - O Regresso"
· "As Mulheres de Gil Vicente"
· "Andorinhas Ingénuas"
· "Münchhausen - As Maravilhosas Aventuras e Viagens do Barão por terra e Mares"
· "Monstros Com Sagrados"
· "A Dança do Diabo"
· "Commedia all'Improviso"
· "O Concerto"
· "Fora para dentro à volta do centro"
· "Perdido entre carta e selos"
· "Os Três Cabelos de Ouro do Diabo"
· "O Santo Jogral Francisco"
· "As Desventuras de Isabella"
· "Otário Doing em Portugal"
· "Arlequim Servidor de Dois Amos"
· "Monstros às Escuras"
· "A Commedia que se julgava que estava morta"
· "Otário Doing Again"
· "O 1º Milagre do Menino Jesus"

Construção

O espectáculo "Construção" consiste na aplicação prática do trabalho de pesquisa realizado com Máscaras de origem Francesa e Italiana. As máscaras em questão foram elaboradas por dois artistas plásticos ( Takashi Kawahara e Renzo Antonnelo ) especialmente para o trabalho de pesquisa de uma linguagem gestual e pertencem à colecção de Filipe Crawford.

O objectivo deste trabalho é pôr em cena os resultados da experimentação feita com estas máscaras, através de um conjunto de sketchs humorísticos e de reflexão sobre o quotidiano da sociedade actual, pontuados por uma banda sonora permanente num guião onde a acção e o trabalho gestual ( mimica e pantomima ) se substitui ao texto, evidenciando um teatro de expressão internacional onde a barreira da língua se encontra superada.

Este espectáculo é interpretado por 4 actores (2 homens e 2 mulheres) que durante dois meses (Maio e Junho de 1998) improvisaram para um público de crianças, com idades compreendidas entre os 8 e os 12 anos, ao longo de dez "ateliers" de animação que decorreram no Centro Cultural de Belém sob os auspícios do Departamento de Pedagogia e Animação. Nestas sessões, as crianças sugeriram temas de improvisação e guiaram os actores na criação dos "sketchs". O espectáculo agora em cena reflecte o resultado desse trabalho, abordando uma temática que foi de algum modo sugerida ou suscitada pelas crianças que participaram nas sessões do C.C.B.

O espectáculo tem a duração de 1h20m e dirige-se a jovens dos 7 aos 77 anos, sugerindo o universo da banda desenhada, sem palavras, onde os actores envergando máscaras desenvolvem um trabalho gestual apurado. Pretende-se atingir não só o público nacional mas também internacional, sendo o projecto concebido para poder participar em festivais ou manifestações de caracter teatral no exterior do país.

FICHA ARTÍSTICA

Concepção e Encenação: Filipe Crawford
Assistência de Encenação:
Nuno Pino Custódio
Cenário e Figurinos:
Rosa Freitas
Assistência de Figurinos: Conceição Ferreira
Selecção Musical:
Carlos Oliveira
Interpretação: Carlos Oliveira; Joana Simão; Pedro Antunes; Sílvia Marques
Luminotecnia: Ricardo Trindade
Operação de Som: Nuno Pino Custódio
Produção Executiva: Conceição Ferreira

Home Top
Equipa | Links | Contactos