Homepage
Historial Novas Produções Espectáculos em Repertório Escola da Máscara Festival de Máscaras e Comediantes
· "A História do Tigre"
· "Os Monstros Sagrados"
· "Portugal Naif"
· "Monstros em Cuecas"
· "As Aventuras de João Padão à Descoberta da América"
· "Surtida de Caretos"
· "A Construção"
· "Monstros III - O Regresso"
· "As Mulheres de Gil Vicente"
· "Andorinhas Ingénuas"
· "Münchhausen - As Maravilhosas Aventuras e Viagens do Barão por terra e Mares"
· "Monstros Com Sagrados"
· "A Dança do Diabo"
· "Commedia all'Improviso"
· "O Concerto"
· "Fora para dentro à volta do centro"
· "Perdido entre carta e selos"
· "Os Três Cabelos de Ouro do Diabo"
· "O Santo Jogral Francisco"
· "As Desventuras de Isabella"
· "Otário Doing em Portugal"
· "Arlequim Servidor de Dois Amos"
· "Monstros às Escuras"
· "A Commedia que se julgava que estava morta"
· "Otário Doing Again"
· "O 1º Milagre do Menino Jesus"

"As Aventuras de João Padão à Descoberta da América"

Sinopse

Depois de ser vendido a uma tribo de canibais, torna-se num homem santo em quem os índios acreditam e confiam. Arrasta então consigo uns milhares de índios, a quem ensina a lidar com os cavalos, e atravessa o continente americano sempre na esperança de encontrar os cristãos espanhóis e voltar à sua terra. Num esforço civilizador tenta catequizar estes índios e ensinar-lhes a lidar com os cristãos, mas os seus esforços revelam-se inúteis perante a barbaridade dos invasores espanhóis. O nosso herói toma então o partido dos índios e ajuda-os a expulsar os espanhóis, ficando a viver o resto dos seus dias com os índios que o adoptaram. Na nossa adaptação este João Padão é um Zanni, nome dado a uma personagem tipo da "commedia dell´arte", que representa um lacaio, também originário de Bergamo e assim designado porque Zanni é um diminutivo para João, nome bastante comum nesta região. O Zanni de Bergamo é um tipo engraçado, que se exprime com facilidade, bom contador de histórias, um pouco ingénuo e rústico, mas que se adapta bem a todas as situações socorrendo-se da sua esperteza. Este nosso João Padão também vive em Veneza, capital da commedia dell´arte, onde se amantizou com uma feiticeira, mulher de muitos amantes, pertencente a uma classe de cortesãs que englobava também as primeiras actrizes de commedia dell´arte. João Padão é ele próprio um actor, contador de histórias que, socorrendo--se de uma máscara, na tradição dos Zannis, conta a aventura da sua personagem, que optou por ficar a viver nas Índias com índios.

O que disse a crítica

"Este one man show de Filipe Crawford é mais uma belíssima lição de teatro de máscara"
Manuel João Gomes - Público

"Em palco, assumindo a sua solidão desarmante, Filipe Crawford dá provas de ser um dos nossos mais brilhantes mestres no capítulo da representação da Técnica da Máscara (…)"
Pedro Teixeira Neves - Semanário

"Filipe Crawford dá, uma vez mais, prova inequívoca das suas capacidades múltiplas, entre as quais se conta a empática"
Fernando Midões - Notícias da Amadora

"Um espectáculo divertido, de recursos estilísticos simples garantidos pela técnica do actor, e pensado para digressão. A não perder."
Rui Cintra - Independente

Ficha Artística/Técnica

Autor – Dario Fo
Tradução – Margarida Neves
Adaptação e Encenação – Filipe Crawford
Assistência de Encenação - Nuno Pino Custódio
Figurinos – São Ferreira
Máscara - Nuno Pino Custódio
Selecção Musical - Carlos Oliveira
Desenho de Luz – Filipe Crawford
Operação de Luz e Som - Nuno Gomes
Interpretação - Filipe Crawford
Produção - FC Produções Teatrais

Mais informações

R. São Francisco de Borja, 22 - Tel.: 21 395 94 17/8 Fax: 21 395 94 19
Email: info@filipecrawford.com

Home Top
Equipa | Links | Contactos